Quem Somos


A Cinemateca Capitólio

É um Espaço Cultural ligado a Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre que tem  como função principal a preservação, o armazenamento e  a difusão da memória do cinema e do audiovisual do Rio Grande do Sul. A conclusão das obras da Cinemateca Capitólio representou um momento histórico na vida cultural de Porto Alegre. Iniciado há mais de uma década, o longo e complexo processo de restauração do Cine-Theatro Capitólio, uma das mais luxuosas salas de cinema da cidade, além de recuperar a vocação original do espaço como sala de exibição, também teve o objetivo de transformar o prédio em um local destinado à preservação da memória audiovisual do Rio Grande do Sul.

O Espaço Cultural foi inaugurado em 27 de março de 2015, sendo composto por uma sala de cinema com 164 lugares, sala de exposições, um espaço para cafeteria, salas de pesquisa, sala multimídia e um Centro de Documentação composto por uma Biblioteca especializada em cinema, Acervos de Filmes em Película, Acervo de Filmes em Vídeos (VHS, DVD, Blu-ray,etc.) e Acervo arquivístico onde são encontrados arquivos pessoais de críticos e cineastas, alem do Arquivo da Cinemateca  Capitólio compostos por roteiros de filmes, sinopses de filmes, recortes de jornais e revistas, correspondências, relatórios, fotografias, cartazes, entrevistas entre outros documentos que ajudam a contar a história do cinema gaúcho.

A Cinemateca Capitólio também desenvolve o Programa de Alfabetização Audiovisual, através da Secretaria Municipal de Cultura e da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e com o financiamento do Ministério da Educação. Além de desenvolver seus projetos habituais, o Programa de Alfabetização Audiovisual passa a responder pela ação educativa da Cinemateca Capitólio.


Histórico Cinemateca Capitólio

Na década de 1990, a Prefeitura Municipal de Porto Alegre e o Governo do Estado iniciaram uma ampla política de revitalização da área central, focada na recuperação de praças e passeios públicos, incluindo também a implantação de equipamentos culturais, como forma de resgatar a vida artística do centro da capital. Neste contexto, em 1994, a Prefeitura adquiriu o prédio do antigo Cine-Theatro Capitólio, construído em 1928, visando a sua futura restauração. Por sua relevância arquitetônica e cultural, o prédio foi declarado Patrimônio Histórico do Município de Porto Alegre (em 1995) e do Estado do Rio Grande do Sul (em 2007).

A ideia da criação da Cinemateca Capitólio nasceu em 2001, a partir de uma mobilização inicial da comunidade cinematográfica, representada pela APTC-RS. Em 2003, o projeto toma corpo, através de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Porto Alegre, a Fundacine – Fundação Cinema RS, e a AAMICA – Associação dos Amigos do Cinema Capitólio, com o objetivo de restaurar o antigo Cine-Theatro Capitólio, transformando-o numa cinemateca, com as funções de preservar, armazenar e difundir a memória do cinema e do audiovisual do Rio Grande do Sul. Ainda em 2003, a FUNDACINE RS, através de convênio firmado com a Prefeitura de Porto Alegre, começou a captar os recursos necessários para a obra, cujo orçamento inicial era da ordem de R$ 6.500.000,00.

O patrocínio da Petrobras, através da Lei Rouanet, no valor de R$ 4.082.887,35, viabilizou a primeira fase de restauro do prédio, realizada entre 2004 e 2006. Foi uma grande e complexa obra, dividida em duas etapas, compreendendo toda a reforma dos interiores e fachadas do prédio e a sua preparação para receber as instalações e equipamentos de uma cinemateca.

Nos anos seguintes, a Fundacine RS continuou trabalhando na busca de recursos para a conclusão do projeto. Em 2010, a Cinemateca Capitólio recebeu o patrocínio do BNDES, com recursos de R$ 1.110.265,00 destinados aos sistemas elétricos e de climatização, aquisição de mobiliário e outros equipamentos.

Ao longo de cinco anos sem ocupação, entretanto, foi constatado que o prédio da Cinemateca Capitólio necessitava de reparos e adaptações para o seu funcionamento adequado. Assim, em 2011, a Prefeitura de Porto Alegre firmou um convênio com o Ministério da Cultura, assegurando o valor de R$ 1.000.000,00 para a conclusão do projeto (com aporte de R$ 800.000,00 do MinC e contrapartida a de R$ 200.000,00 da Prefeitura).

Iniciada em outubro de 2012, esta terceira e última etapa da restauração incluiu a execução das obras civis de reparos e adaptações do prédio, a compra e a aquisição de equipamentos específicos de projeção e som, equipamentos de informática e telefonia, entre outros itens necessários para a efetiva conclusão do projeto.

A obra civil de restauro foi entregue no dia 4 de abril de 2014, marcando oficialmente a conclusão do longo processo de recuperação e implantação do prédio da Cinemateca Capitólio e a sua reintegração ao espaço urbano de Porto Alegre. Paralelamente, foram iniciados os processos para aquisições de equipamentos de projeção e som, da área de acervo e de todo o mobiliário. Também entraram em finalização o projeto de climatização do espaço e as adaptações relacionadas ao projeto de prevenção contra incêndio.

Um processo que finalmente se conclui em março de 2015, com a abertura do prédio ao público.

Patrocínio e Parcerias

Lei de Incentivo à Cultura – Petrobrás
Apoio Financeiro: BNDES
Apoio: AAMICA
Prefeitura de Porto Alegre/ Secretaria da Cultura
Fundacine RS
Ministério da Cultura


Acesse aqui  a cronologia histórica do Capitólio:


Livro: Cine-Theatro Capitólio - Um olhar em transformação:

https://issuu.com/barbarapustai/docs/capitolio


Decreto de criação da Cinemateca Capitólio: DECRETO N° 18.844, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2014.

https://drive.google.com/open?id=0B_82Bhd3FDG0dlJNNlhsT3NWMHM


Reportagens, depoimentos e trabalhos sobre a Cinemateca Capitólio:


Cinemateca Capitólio - Patrimônio Histórico e Cultural: Reportagem de Joyce Heurich.


Cine Capitólio - Redescoberta do cinema: Produção dos alunos de jornalismo da Unisinos.


Cinemateca Capitólio – Difusão em Arquivos: Trabalho do curso de Arquivologia da UFRGS.

https://www.youtube.com/watch?v=GFZgyAwNJmg


Outros Históricos:



Nenhum comentário:

Postar um comentário